Festival Dia da Amazônia: Tira o pé da minha serra

Festival Dia da Amazônia: Tira o pé da minha serra




“Somos a última geração que pode salvar nossas montanhas e florestas”.

Este foi o mote do Festival Amazônia Serra do Curral, realizado pelo MINHA BH e pelo JA.CA – Centro de Arte e Tecnologia, para celebrar o Dia da Amazônia em Belo Horizonte. As atividades integraram os Festivais Dia da Amazônia, uma iniciativa do Instituto Clima e Sociedade com programações também em Manaus, Belém, Macapá, São Luís, Santarém, Rio de Janeiro e São Paulo.

Na capital mineira, as atividades relacionaram a defesa da Amazônia à mobilização pela preservação da Serra do Curral. Há meses, a população se articula contra o projeto de mineração da Tamisa, que ameaça a biodiversidade na região e traz graves riscos para a segurança hídrica e a qualidade do ar dos municípios vizinhos.


FESTIVAL DIA DA AMAZÔNIA

Foto: Ricardo Mehedff

No domingo (4/9), o Festival ocupou um palco no Parque Municipal, em parceria com a Virada Cultural. Nomes como Fernanda Takai, Kaê Guajajara, Sérgio Pererê e Nath Rodrigues se apresentam no espaço, que recebeu também intervenções do grupo Favelinha Dance e da DJ Teffy Angel nos intervalos. Os artistas assinaram o manifesto em defesa da Serra do Curral, entregue ao presidente da Assembleia Legislativa de MG no início de junho.

Serão realizadas ainda exposições fotográficas nos pontos de ônibus das principais avenidas do centro da cidade, além de pontos de coleta de assinaturas para o projeto de lei de iniciativa popular Amazônia de Pé, que busca promover a proteção de todas as florestas públicas na Amazônia Legal.

Fotos: Bruna Brandão


EXPOSIÇÃO

Como parte da programação continuada do Festival Amazônia Serra do Curral, o JA.CA em parceira com a MINHA BH produziu uma exposição fotográfica, inaugurada em 6 de setembro, nos abrigos de ônibus da região central de Belo Horizonte.

A exposição se divide entre abrigos de ônibus nas avenidas Amazonas e Afonso Pena, buscando ecoar a dobradinha entre Amazônia e Serra do Curral. Na Avenida Amazonas, as imagens buscam trazer ângulos pouco conhecidos da floresta e das populações que a mantêm de pé. A curadoria é da artista paraense Vânia Leal, que selecionou trabalhos de quatro fotógrafos da região amazônica: Iza Girardi, Moara Brasil, Nádia Borborema e Rao Godinho.

Foto: Artur Souza

Na Afonso Pena, as fotos se distribuem em abrigos em direção à Serra do Curral e buscam exaltar as belezas da cadeia de montanhas. “Muita gente pensa que a Serra do Curral é só uma fachada, como se a parte que não vemos já estivesse destruída pela mineração”, pondera o fotógrafo Guilherme Cunha. “Mas isso não é verdade. A Serra é um ecossistema riquíssimo, fundamental para o equilíbrio da vida nas cidades do entorno”. Além de Guilherme, assinam as fotografias da Serra os artistas Edgar Kanaykõ, Ísis Medeiros e Dalila Coelho.

Foto: Francisca Caporali



Posts Relacionados

JA.CA – Centro de Arte & Tecnologia

JARDIM CANADÁ – Residências Artísticas | Oficina

Rua Vitória, 886

34000-000 . Nova Lima . MG

+55 31 3097 2322

info@jaca.center

BELO HORIZONTE – Escitório | Endereço Comercial

Rua dos Goitacazes, 103 – Sala 907

30190-050 . Belo Horizonte . MG

+55 31 3504 4565