Ana Paula Condé (BR)

Ana Paula Condé (BR)


Mineira de Cataguases, Ana Paula Condé é cozinheira, pesquisadora e ativista alimentar com foco na alimentação vegetariana. Com formação prática em restaurantes macrobióticos de Juizde Fora, Belo Horizonte, Recife e São Paulo pelos métodos da professores Bernadeth Kikuchi e Tomio Kikuchi, trabalha atualmente na escultura-ambiental Restauro, de Jorge Mena Barreto, obra que integra a 32ª Bienal de Arte de São Paulo.




Residência Itinerante (REBOQUE) — 2016 — Food sem Truque

“Remotamente com um grupo de mulheres cozinheiras fomos ao Alto Vera Cruz para ministrarmos umas aulas de culinária a partir de aproveitamento integral dos alimentos, e isso foi o que me estimulou a escolher o Centro Cultural de lá para minha incursão artística de caráter formativo. Bem como ser moradora do Dom Bosco, que é o ponto final do ônibus 9407, o mesmo que me levaria pro bairro em questão: de ponto final a ponto final num percurso de quase 50 minutos.

A residência consistiu de práticas de culinária vegetariana e uma aula especial de pão integral nos três centros de apoio existentes no bairro, a saber: O CCAC – Centro Cultural Alto Vera Cruz: O CRAS -Centro de referência e assistência social e o CEVAE – Centro de educação e vivência agroecológica.”

O projeto Food sem Truque brinca, dialoga e reconstrói itens consumidos nos carrinhos-de-comida: os foodtrucks. Dialoga porque o diálogo é parte importante da cozinha de verdade. Diálogo entre necessidade e desejo, sazonalidade e regionalismo. Reconstrói porque transforma uma receita pobre em elementos nutricionais num alimento saudável e revitalizante.

As aulas foram distribuídas entre as usuárias dos centros durante uma semana nos períodos da manhã e da tarde. Teve ainda uma aula especial de pão integral, oferecida pela dupla Cozinha Kombinada: Joseane e Silvia. “As aulas foram realizadas como se estivéssemos em casa, devido ao número reduzido de alunas. Assim podíamos falar de nós e de nossos desejos e aspirações, pois é isso que a cozinha inspira: acolhimento, envolvência e ancestralidade”. 


Posts Relacionados

Coletivo Planta (BR)

Coletivo Planta (BR)

Residência Itinerante (REBOQUE) — 2016 — Alquimias de Quintal

Alquimias de Quintal surgiu de um desejo de investigar, experimentar e construir uma interface de comunicação para as trocas sensíveis existentes na região de Venda Nova e suas reverberaçõesO projeto foi desenvolvido pelo coletivo Planta entre os meses de Maio e Agosto, apoiado pelo JACA Centro de Arte e Tecnologia Jardim Canadá e pelo Centro Cultural Venda Nova, como parte do projeto Reboque. “Num momento de crise política e de questionar as relações estruturais, a tarefa de discutir, partilhar e vivenciar o que é sensível é um ato de resistência e também uma retomada às formas de sociabilidade e formação alternativas à lógica hegemônica do consumo. Para além disso, a ação de conceber ao espaço doméstico a função de valor de uso e não potencial construtivo se define como uma prática antagônica à especulação imobiliária, que entende o espaço privado enquanto uma mercadoria.”

É importante ressaltar que a região de Venda Nova, localizada no extremo norte de Belo Horizonte, antecede a própria existência da capital mineira. Sua história é narrada pelos antigos moradores da região, que presenciaram a mudança no espaço ao decorrer dos anos. O córrego onde se nadava e que abastecia hoje abriga Av. da República e uma rede de esgoto. Já as antigas fazendas hoje abrigam circunstâncias urbanas como conjuntos habitacionais, posto de saúde e comércios.

 Os quintais produtivos se referem de uma forma ilustrativa aos espaços privados onde são fabricados os produtos de uso particular. Nesse caso, os quintais se apresentaram em diversas formas, como a própria horta compartilhada do centro cultural, o chão de uma cozinha que abriga uma pequena fábrica de batata frita, e em outros casos como a própria extensão da área externa das casas. “O trabalho de catalogação de produtividade nesses quintais se estendeu ao nosso próprio espaço de trabalho, onde experimentamos algumas das receitas captadas”. Parte dos resultados desses ensaios foi distribuída pelos membros do coletivo, enquanto outra foi distribuída durante a ação com o dispositivo móvel do JACA.

JA.CA – Centro de Arte & Tecnologia

JARDIM CANADÁ

Rua Vitória, 886

34000-000 . Nova Lima . MG

+55 31 3097 2322

info@jaca.center

BELO HORIZONTE

Rua Tomé de Souza, 810 – Sala 202

30140-130 . Belo Horizonte . MG

+55 31 3504 4565